Goiânia, 28 de julho de 2014
Busca

Voltar
Oportunidade
Inscrições abertas para Bolsa Universitária da OVG até dia 17

Programa oferece mais de 5 mil vagas em Goiás. Os interessados podem se inscrever pelo site da OVG até o dia 16 de maio e devem protocolar os documentos necessários na sede da instituição até o dia 17. Atualmente, são mais de 15 mil universitários bolsistas

05/05/2010 20:13:14

Foto: Reprodução

Pedro Paulo Vidica - 7° período

              

A Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) anunciou no último dia 3 a abertura das inscrições para o Programa Bolsa Universitária. Os interessados podem se inscrever pelo site da OVG até o dia 16 de maio e devem protocolar os documentos necessários na sede da instituição até 17 de maio. Os estudantes de Goiânia e Aparecida de Goiânia devem entregar esses documentos na sede da OVG, situada à Rua T-14, n° 249, Setor Bueno e os do interior nas subsecretarias regionais de educação. Ao término dessa fase, equipes do serviço social começarão as avaliações socioeconômicas dos candidatos.
         
O programa oferece oportunidade de um curso superior a pessoas que não possuem condições financeiras para arcar com as mensalidades em instituições particulares de ensino do Estado de Goiás. A contribuição proposta é de até 200 reais do valor total da mensalidade para estudantes regularmente matriculados. O auxílio ao acadêmico persistirá até a conclusão do curso e o contrato será renovado com a OVG a cada seis meses. A reprovação em alguma matéria resultará na perda do recurso.
       
Atualmente, são mais de 15 mil universitários bolsistas matriculados em 64 instituições particulares de ensino superior em 191 municípios em todo o Estado. São 5.940 bolsistas em Goiânia e 12.849 no interior, totalizando mais de 18 mil estudantes atendidos pelo programa.
       
O coordenador-geral da OVG, Luiz Otávio do Nascimento, declarou que a expectativa é receber mais de 11 mil inscrições para as 5 mil vagas oferecidas. “Após o término do prazo de inscrições, nossa equipe realizará uma completa avaliação socioeconômica e analisará questões referentes à moradia, quantidade de pessoas na casa, comprometimento da renda familiar com compra de remédios para doentes crônicos, entre outras medidas”, diz.
           
De acordo com o coordenador, os beneficiados deverão cumprir 120 horas complementares por semestre em alguma instituição governamental ou não-governamental. Ele ainda ressaltou que a escolha do local para cumprir as horas é feita pelos alunos, baseada em um arquivo disponibilizado pela OVG que contém as instituições cadastradas, podendo ser alguma unidade de assistência social, abrigo de idosos, órgãos federais, estaduais e municipais.
             
Os bolsistas ainda podem doar sangue duas vezes por semestre, o que corresponderá a 24 horas de serviços prestados. Aquele que não doar, poderá arrumar alguém para substituí-lo.

       
Saiba passo a passo do processo de inscrição para bolsa universitária da OVG

Copyrights © 2014 - Universidade Católica de Goiás - Todos direitos reservados.